É o fim do FISL?

É o fim do FISL? Indaga e responde Anahuac!

O FISL sempre foi o maior alicerce do Software Livre no Brasil e quiçá, do mundo. Com mais de uma dezena de milhares de participantes, ele sempre foi a materialização de que o Software Livre estava dando certo, conquistando corações e mentes, crescendo e revolucionando a sociedade. Lembro muito bem da minha excitação de ir ao FISL 1, de ter ficado, acidentalmente no mesmo hotel dos palestrantes, de ver de perto meus heróis e modelos que tinham a coragem de entender o aspecto revolucionário que a liberdade do software traria à sociedade. Finalmente eu estava entre pares, que entendiam, respiravam e militavam pelos mesmos ideais. Finalmente eu podia dizer GNU ou Linux sem receber uma careta de desentendimento como resposta.

Todos concordavam que o Software Livre era um movimento político e social que tem por objetivo empoderar o usuário final através da liberdade do software. Stallman era o guru inquestionável e a GPL a carta magna dessa revolução. Não havia nenhuma dúvida e o inimigo a ser combatido, também era evidente: o software não livre, viesse de onde viesse. Naquele tempo o indiscutível representante do “mal” era a Microsoft. Empresas como Google eram pequenas de mais para serem consideradas uma ameaça.

Ao longo desses 18 anos o movimento tem sido vitima de uma ação de sabotagem planejada, coordenada e levada a cabo de forma sistemática pela OSI. O objetivo é extirpar o conteúdo ideológico do movimento: Software Livre deve significar apenas a liberdade de acesso ao código, nada mais. A primeira estratégia foi criar um outro nome para isso: Open Source. Assim falava-se em liberdade e desenvolvimento compartilhado, mas sem o conteúdo revolucionário, pueril, irresponsável e ideológico. A áurea de maturidade vinha embutida em termos como negócios, mercado, corporações, soluções e outros jargões do “business”. A segunda estratégia foi associar o seu nome ao Software Livre como sendo sinônimos. Isso foi feito apelando para os valores do próprio movimento: amizade, respeito, integralidade, universalidade. “Juntos somos mais fortes” dizem, “lutamos todos pelo mesmo objetivo” dizem.

Com o objetivo claro de não confrontamento aos interesses empresariais e de mercado, foi fácil receber apoio financeiro e assim fortalecer suas representações organizadas, grupos de usuários, propaganda, participação em eventos e todo tipo de promoção advinda de uma conta bancária recheada. Enquanto a FSF e os G/LUG’s vivem a base de doações de indivíduos que acreditam que podem e devem mudar o mundo, a OSI e suas representações recebem apoio empresarial. Entre as ações mais óbvias estão a remoção do termo GNU do nome do sistema operacional, promovendo que se diga somente Linux, forçando a marca do Pinguim como logotipo de Software Livre em detrimento do GNU. Outra ação é a disseminação de termos como FOSS ou FLOSS que colocam Open Source e Software Livre como idênticos.

A força dessas ações é imensa e foi feita sem nenhuma pressa ou açodamento. Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. Lentamente corações e mentes foram sendo conquistados. Até o próprio Stallman se deixou levar e, apesar dele esclarecer que OSI e SL não são iguais, ele mesmo diz que o “OpenSource não é nosso inimigo, o software não livre é”. Santa ingenuidade. Tanta, que mesmo depois de tantas evidências, a FSF decidiu, em pleno 2016, ajudar nosso “irmãos” na organização do encontro OSI nos USA. Que triste.

Gradativamente os conceitos OSI vão permeando e fragilizando a força ideológica do Movimento Software Livre. Defende-se a aceitação de alguma presença de softwares não livres com o objetivo de popularizar o uso do “Linux” pelos usuários comuns, aceita-se o financiamento de empresas não alinhadas para o desenvolvimento de softwares e a realização de eventos, converte-se empresas diabólicas como a IBM, Google e Facebook em parceiras do movimento, fragilizam-se os critérios de seleção de trabalhos para os maiores eventos do mundo, suaviza-se o discurso ideológico nas intervenções na mídia tradicional. Pequenas ações comunitárias começam a ser aceitas: os grupos de usuários já podiam usar as ferramentas do Google sem constrangimento. Tudo até culminar com o fim das comunidades de usuários em seus espaços independentes e serem todos sugados para dentro do Facebook. “Have fun” passou a ser o mantra divulgado pelo Linus Torvalds e amplamente aceito pela comunidade Software Livre.

Assim a horda de nerds, cavaleiros da nova ordem global, os revolucionários digitais, foram convertidos em mais uma comunidade dentro da plataforma de controle em escala global. Assim a massa de militantes ideológicos foram convertidos em OSIstas. Um bando de nerds que estavam muito mais interessados em se divertir do que em mudar o mundo. E esse mantra foi divulgado, incentivado e assumido por velhos ativistas, que perceberam as mudanças, mas decidiram embarcar na onda em vez de fazer um contra-ponto. A cada “Linux” sem explicação, a cada conta do Gmail, a cada “like” do Facebook, a cada novo iPhone, foram eles os responsáveis pela popularização dessa versão suave de Software Livre que é atual “status quo”.

É tanto que hoje “Software Livre” já é sinônimo de “Open Source”. Isso é tão evidente que numa entrevista recente ao TED o próprio Linus Torvalds diz “Software Livre, que era como se chamava o Open Source, naquela época”, dando a entender que Open Source é o novo nome do Software Livre, ou seja, que são a mesma coisa, mas agora com outro nome.

Essa transformação foi catalizada, também, pelo FISL e pela ASL – Associação do Software Livre. Quando advertidos dos riscos, seus dirigentes sempre argumentaram de que a diversidade de ideias e atores era mais importante e que não se deveria “radicalizar”, como se a convivência com opositores ao próprio movimento fosse algo positivo. Assim o FISL captou recursos com empresas como Google, IBM, Oracle e outras gigantes do software não livre, representantes da ideia de que Open Source e Software Livre são a mesma coisa. Ao mesmo tempo permitiram uma grade de palestras cada vez menos ideológica e menos comprometida com a revolução social e mais alinhada com os anseios do mercado. Assim, no decorrer da última década, o FISL ajudou a desmobilizar ideologicamente o movimento, enfraqueceu a militância e ajudou a estereotipar o termo Software Livre.

Qualquer semelhança com a atual situação política, na qual o próprio PT tem sua responsabilidade, não é mera coincidência. No plano político o PT, na mesma década, adotou um discurso conciliatório, buscou uma linha “do meio”, enfraqueceu seu viés ideológico, desmobilizou a militância e entregou muito anéis aos interesses do mercado. Da sua representação da esquerda socialista a “compadres” da ala mais fisiológica do PMBD. Não nos deixemos iludir, Dilma, Lula e o PT firmaram sim acordos inimagináveis se associando ao que há de mais golpista, reacionários, bandidos e retrógrados da nossa república. Tudo em nome da governabilidade e dos grandes planos de transformação social. O FISL e a ASL fizeram o mesmo no campo da ideologia do Software Livre, se associaram e pretendem expandir a associação com o que há de mais vil e antagônico ao Software Livre.

Este ano, o FISL 17 periga não acontecer. A crise econômica afugentou os patrocinadores governamentais e também os privados. Num momento de instabilidade econômica os participantes decidiram guardar suas economias ou não se endividar para ir a até Porto Alegre, como de costume. Então a ASL lançou uma campanha de doação na comunidade para tentar angariar fundos e viabilizar o evento. Afinal de contas somos mais de uma dezena de milhares de participantes anuais, mas apenas 166 voluntários se prontificaram em ajudar. E esse é o reflexo de uma militância enfraquecida, ela não oferece o respaldo necessário. Afinal de contas, durante anos, os militantes do Software Livre foram convertidos em OSIstas, e os OSistas não militam, ele fazer “business” e o FISL é um péssimo negócio. E agora é também um péssimo palco para ativismo.

O fato é que o evento não está conseguindo se viabilizar e momentos de desespero exigem medidas desesperadas, certo? “Iniciamos uma aproximação com a Microsoft e se vierem para o FISL para falar e apresentar softwares livres, estão dentro.” foi a mensagem da diretoria na lista de discussão da ASL. Assim os contatos com a Microsoft já foram inciados no sentido de tê-la como patrocinadora Super Platinum do FISL 17 e poder, assim, viabilizar o evento.

Lembremos que antes da Microsoft, o FISL recebeu de quase todas as demais empresas de tecnologia que representam o que há de mais antagônico ao Software Livre. Então qual seria o grande constrangimento de ser patrocinado pela gigante de Redmond? Apenas a máscara que cai e se quebra em milhões de pedaços. Nunca mais será possível usá-la. A Microsoft é mundialmente famosa por seus acordos escusos, dump de mercado, desrespeito às legislações, invasão de privacidade, corrupção e muito mais. Ela é de uma época em que empresas poderosas não se preocupavam com manter uma imagem moderna e limpa, como fazem o Google e a Apple. Eles jogam sujo e se vangloriam disso. E todos os líderes e principais expoentes do FISL e da ASL sabem bem disso. O grande problema não é ter a Microsoft como patrocinadora do FISL, mas sim, ter a ASL considerando essa hipótese.

O “Software Livre” morreu porque essas duas palavras não significam mais um movimento social e político. Elas foram desvirtuadas e agora tem o mesmo significado de “Open Source”. As forças interessadas conseguiram fazer isso com outros conceitos como “Hacker” que de nerd inteligente e desafiador, se transformou em bandido cibernético. Perdemos essa guerra. Hora de nos reinventarmos, hora de mudar de rumo, de foco, de ação e de abordagem. Hora de resgatar até mesmo o Stallman.

Aqui fica meu apelo à ASL e ao FISL: não deem esse passo. Se for necessário não façam FISL este ano. Reagrupem, repensem a militância, retomem o caminho certo, separem os ativistas dos OSIstas. Sempre é tempo de recomeçar. Caso contrário será o fim do FISL e o nascimento definitivo do FICA – Fórum Internacional do Código Aberto.

Saudações Livres!

Artigo escrito pelo Anahuac
Blog do Autor
[ads-post]

COMENTÁRIOS

Nome

.net Foundation,1,1. TheNewBoston,1,2048,1,32 bits,1,3CX Phone System,1,3D,5,4.8.5,1,4MLinux,5,4MLinux 20.0,1,4MLinux 21.0,1,4MParted,1,4MParted 20.0,1,4MRecover,2,64 bits,1,Aaron Swartz,1,Acessibilidade,3,Acesso Remoto,2,Administração,1,Adobe,2,Adobeair,2,Aegisub,1,Agenda,1,AI,1,AIDE,1,AirDroid,2,AirMore,1,AKER,1,Alien,1,Alpha,1,alphaOS,1,Alpine Linux,1,ALT Linux,1,Alternativos,3,Amazon,1,AMD,5,Anatel,1,Android,55,Android 6.0,1,Android 6.0.1,1,Android 7.1,2,Android 7.1 Nougat,2,Android Marshmallow,1,Android Studio,2,Andromeda OS,1,AngryIPScanner,1,Antergos,2,Antivírus,3,Antivirus Live CD,1,antiX,1,Apache,2,Apachetop,1,Aplicativos,3,Apostilas,5,Apowersoft Phone Manager,1,App Grid,1,Apple,8,Applet,4,Apport,1,Apps Android,2,ApricityOS,2,APT,5,Apt-Fast,1,Aptik,1,Arch Linux,40,Arch Linux 2016.11.01,1,Arch Linux 2016.12.01,1,ArchBang,1,Archey,1,ArchStrike,1,Arduíno,1,ArduPilot,1,armhf,1,Artes Gráficas,1,Artigo,16,Artigos,148,Assembly Language,1,Asterisk,1,AsteroidOS,1,AsteroidOS Alpha 1.0,1,Atheros,1,Atom,4,Atraci,1,Audacity,1,Audio Recorder,1,Aulas Gráficas,1,Auto-apt,1,AutoCAD,3,Avidemux,1,Avisos,11,AWS,1,Azure,1,Backdoor,1,Backup,2,BakAndImgCD,1,BananaPi,1,Banco de dados,1,Banda Larga,1,Bash,1,Bateria,2,BDC,1,Bio-Linux,1,BIOS,4,Birdfont,1,Bitcoin,3,BitLocker,1,Bitorrent,2,BitSight,1,BitTorrent Sync,1,Black Arch Linux,3,Black Lab Linux,1,Black Lab Linux 8.0,1,blackPanther,1,Blackphone,1,Bleachbit,3,Blender,2,Blender Foundation,1,BloatWare,1,Bloqueio,1,Bludit,1,Bludit CMS,1,Bluestar Linux,1,Bodhi linux,5,Bodhi Linux 4.0.0,1,Boot,3,Bootavel,1,Boston Globe,1,Botão Hibernar,1,Botnet,1,BQ Aquaris M10,1,Braille,1,Brasil,3,Bricks,1,BRL-CAD,1,Browser,1,Brute Force,1,BSD,9,BSD Games,1,BSDO,1,Btrfs,1,Budgie,3,budgie-remix,1,Bug,1,Build Linux,1,Buscador,3,BusenLabs,1,Businness Intelligence,1,C,1,C#,1,C++,1,Café com,2,Caixa Econômica,1,Caledonia,1,Calibre,1,Campus Party,2,Canaima,1,Canary,1,Canonical,36,Canonical.Ubuntu,9,Cartuchos,3,Celestia,1,Censura,1,CentOS,13,CentOS 6,1,CentOS 7,1,Central de Programas,1,Chakra,4,Chalet OS,1,Choqok,1,Chrome,1,Chrome 54,1,Chrome Beta,1,Chrome Canary,1,Chrome Dev,1,Chrome OS,2,Chromebooks,2,Chromecast,2,Chromecast Ultra,2,Chromium,1,CIA,2,Cinnamon,9,Cinnamon 3.2,5,Cinnamon 3.2.1,3,Cinnamon 3.2.2,1,Cisco,1,Cisco Packet Tracer,1,ClamAV,1,ClamTK,1,ClassicMenu Indicator,2,Clement Lefebvre,2,Cliente Blog,1,Cliente e-mail,4,Cliente FTP,1,Cliente Git,2,ClipGrab,1,Clonezilla,1,Cloud,3,CMS,3,COBOL,1,Código Aberto,2,Collabora,1,Comandos,7,Comandos Terminal,42,Como Corrigir erro,5,Compactação,4,Compiz,1,Complementos,1,Computador,4,Conhecimento,1,Consulta Publica,1,Conversores,4,Converter,3,Cookies,1,Coreia do Norte,1,CoreOS,1,Corrigir Erros,9,Corrupção,1,CPU,2,Crackers,2,Crackle,1,CreativeCopias,4,CriaDEB,1,Criptografia,4,CrossOver,1,CrossOver Android,1,CrunchBang,1,CSS,1,Cub Linux,1,Cuba,1,CUPS,3,Curlew,1,Curso em Vídeo,2,Cyanogen,2,CyanogenMod,2,CyanogenMod 14.1,1,Damn Vulnerable Linux,1,Darktable,1,DBeaver,1,DD,2,DDoS,6,Ddrescue-GUI,2,DeadBeef,1,DEB,7,Debian,147,Debian 8,1,Debian 9,5,Debian 9 Stretch,2,Debian Stretch,2,Debian Xbluebuntu,1,Deepin Software Center,1,Deficientes,1,DEFT Linux,1,Delaboratory,1,Dell,1,Derek Banas,1,Descompactação,3,Desempenho,2,Desenvolvimento,15,Desktop,3,Detox,1,Deus Ex,2,Dev,1,Device Driver Manager,1,Devuan,1,DHCP,1,DIA,1,Dicas,514,Dilma,1,Directx,1,Dirty COW,2,Disco Rígido,2,Disney,2,Distribuições Linux,29,DJ,1,Django,1,dmicode,1,Dnf,1,DNS,3,Docker,3,DOS,1,Downloads,4,dpkg,1,DragonBoard 410c,1,Drivers,7,Drones,1,Dropbox,1,Dual Boot,1,Duzeru,1,Dyn,2,Easyimagesizer,1,eBook,3,Economia Bateria,1,Edge,1,Editor de áudio,1,Editor de código,3,Editor de Fontes,1,Editor de imagens,11,Editor de Legendas,1,Editor de Vídeo,3,Edubuntu,1,EducatuX,1,Edward Snowden,7,Efeitos,1,Elemental,1,ElementaryOS,26,Elive,1,ELRepo,1,Embarcados,1,Emby,1,Emmabuntüs,3,emmbx,1,Empacotamento,2,Emprego,5,Emuladores,2,End Of The Mine,1,Endian Firewall,1,Endless,4,Engenharia Reversa,1,Engenharia Social,1,Enlightenment,1,Enpass,1,Entangle,1,Epic Games,1,Epidemic,2,Erros,1,eSpeak,1,Espionagem,2,Estados Unidos,1,Etsy,1,EUA,8,Eventos,11,eXcript,1,ExTiX,1,ExTiX 16.5,1,Exton,1,Exton|Defender SRS,1,Exton|OS,1,Exton|OS Light Build 161021,1,Facebook,9,Facebook Messenger,2,FBI,2,Fedora,101,Fedora 23,1,Fedora 24,4,Fedora 25,8,Fedora 25 Beta,1,Fedora Game Spin,1,Fedora Spins,1,Feed,1,Feral Interactive,2,Ferramentas do sistema,1,FFmpeg,2,FileZilla,3,Filmes,1,Firefox,10,Firefox 50.0.2,1,Firefox Developer Edition,1,FirefoxOS,1,Firewall,3,Firmware,1,Fish,1,FISL,5,Flash,1,Flash Player,1,Flatpak,1,FlightGear,1,Florent Revest,1,Flowblade,1,Fluxbox,1,FocusWritter,1,Fontes Microsoft,1,Fora do ar,2,Foremost,1,Forense,2,Fortress Legends,1,FOSS,3,Fotos,1,Foxit Reader,2,Fractgen,1,Franquia,1,FreeBSD,7,FreeBSD 11.0,1,FreeCAD,1,Freenas,2,Fritzing,1,Frontend,1,FrostWire,2,Frugalware,1,FSearch,1,FSF,8,FSlint,1,FTP,4,Fuchsia,2,Fujitso,1,Funcionamento,1,Gameplay,3,Games,39,Gazebo,1,GCC,1,GCC 5.3.0,2,Geary,1,Geary Mail,1,Gentoo,3,Gerenciador de Download,2,Gespeaker,1,gFTP,2,Ghost Push,1,GhostBSD,1,Giada,1,Gimp,6,Git,2,Git 2.8.4,1,GitHub,3,Gmail,2,GNOME,14,Gnome 3,2,GNOME 3.22,3,GNOME 3.22.1,1,GNOME 3.22.2,1,GNOME 3.23.1,1,GNOME 3.24,1,GNOME Shell,1,Gnome Shell Elegance Colors,1,GNU,6,GNU/Hurd,1,GNU/Linux,575,GNU/Linux-libre,4,Go,2,GoDaddy,1,Goobuntu,1,Google,30,Google Calendar Indicator,1,Google Chrome,8,Google Chrome 54,1,Google Chrome 55,2,Google Chromium,1,Google Home,1,Google Pixel,2,Google Pixel XL,2,Google Play,1,Gooligan,1,GParted,3,GPast,1,GPL,1,GPS,1,Gravadores,2,Greenbone,1,Groovy,1,GRUB,4,Grub Customizer,2,Grupo Telegram,1,GSCAN2PDF,2,GSoC,1,GTK,2,gtkdialog,1,Guias,5,GuixSD,1,Hackers,26,Hacking,4,Haguichi,1,Hamachi,3,HandyLinux,1,Hannah Montana,1,HardenedBSD,1,Hardware,3,Hardware Livre,2,Hash,1,Haters,1,Hawaii,1,HDD,1,HDRMerge,1,Heartbleed,1,Heindall,1,Hexy,1,Hibernar,1,Honeytraps,1,Hospedagem,1,hostname,1,Hotshots,1,HP,6,HPLIP,4,HTML,1,HTML5,1,Humble Bundle,1,Hydra,1,IBM,4,ícones,1,ICReach,1,ICS SIEM,1,IDE,1,Ifconfig,2,IFTO,1,IFTTT,1,ImageGate,1,ImagePlay,1,Impressoras,10,Indicator Netspeed,1,Inicialização do sistema,1,Inkscape,3,Instalar,3,Integridade,1,Intel,5,Intel Connected,1,Intel Graphics Installer,1,Inteligência Artificial,1,Internet,3,Internet das coisas,3,Internet Explorer,1,Inxi,1,iOS,4,iOS 10,1,IP,1,IPFire,1,iPhone,2,Iptables,1,IPTraf,1,Ipv4,1,Ipv6,2,iRobot Create,1,ISO,2,ISO 8859-1,1,iXSystem,1,JASmine,1,Java,5,Java Oracle,2,JavaScript,1,Jerry Bezencon,1,Jitsi,2,JMicron JMC250,1,Jogos,12,John McAfee,1,John The Ripper,1,Jono Bacon,1,Joomla,5,JS-01,1,Juliette Taka Belin,1,JWM,1,Kaiana,2,Kakoune,1,Kali Linux,2,KaOS,3,KaOS 2016.11,2,Karma,1,Kate,1,KDE,21,KDE Connect,1,Kde neon,1,KDE Plasma,6,KDE Plasma 5.10,1,KDE Plasma 5.11,1,KDE Plasma 5.12,1,KDE Plasma 5.13,1,KDE Plasma 5.14,1,KDE Plasma 5.7,1,KDE Plasma 5.8,3,KDE Plasma 5.8 LTS,1,KDE Plasma 5.9,1,KDE4,1,kdenlive,1,KeePassX,1,Kernel,110,Kernel Linux,51,Kernel Linux 4.8,3,kernel linux 4.8.5,1,kernel linux 4.8.6,2,kernel linux 4.8.8,1,Kernel Linux 4.8.9,1,Kernel Linux 4.9-rc6,1,kernel Linux 4.4,15,kernel Linux 4.4.19,1,kernel Linux 4.4.28.,1,kernel linux 4.4.29,2,kernel linux 4.4.30,2,Kernel Linux 4.4.31,1,Kernel Linux 4.4.32,2,Kernel Linux 4.4.34,3,Kernel Linux 4.4.35,1,Kernel Linux 4.4.36,1,Kernel Linux 4.7,1,kernel linux 4.8,5,Kernel Linux 4.8.10,2,Kernel Linux 4.8.11,2,Kernel Linux 4.8.12,1,kernel Linux 4.8.6,1,kernel Linux 4.8.7,2,Kernel Linux 4.8.8,2,kernel linux 4.9,5,Kernel Linux 4.9-rc4,1,Kernel Linux 4.9-rc5,1,Kernel Linux 4.9-rc7,1,Kernel Linux 4.9-rc8,1,Kernel Linux-Libre 4.4,1,KID3,1,Kodi,2,KolibriOS,1,Komodo Edit,1,Komodo Edit 10.1,1,Kotlin,1,Krita,1,Krop,1,Kryptowire,1,Ksplice,1,Kubuntu,3,Kubuntu 16.10,1,LAMP,1,Lançamento.,2,Launchpad,1,Leap Day,1,Leitor eBook,1,LeJOS,1,Lenovo,3,Lentes Amazon,1,Let's Encrypt,1,LGBT,3,Liberdade,1,Libre,1,Libreboot,3,LibreCAD,3,LibreOffice,23,LibreOffice 5.1,1,LibreOffice 5.2,1,LibreOffice 5.2.3,1,LibreOffice 5.3,4,LibreOffice 5.3.0,1,LibreOffice 5.3.0 Beta,1,LibreOffice Calc,1,LibreOffice Kit Plus,1,Liferea,1,Lightbeam,1,LightDM,1,Lightworks,3,Lili USB,1,Limpeza do sistema,1,LinConnect,1,Linguagem C,1,LinkedIn,2,Linphone,1,Linus Torvalds,9,Linux,185,Linux AIO,1,Linux Foundation,6,Linux Journey,1,Linux Kernel,35,Linux Kernel 4.4.31,1,Linux Kernel 4.4.32,2,Linux Kernel 4.4.33,1,Linux Kernel 4.8,1,linux kernel 4.8.7,1,Linux Kernel 4.8.8,2,Linux Kernel 4.8.9,1,Linux Lite,2,Linux Lite 3.2,1,Linux Mint,137,Linux Mint 18.1,5,Linux Mint 18.1 Serena,1,Linux-Libre,1,LinuxConsole,1,linuxcounter,1,Live CD,1,Livre Labs,2,Livros,2,LM18,1,Loiane Groner,1,Loja,2,Lollypop,1,Looke,1,LPI,5,LUA,2,Lubuntu,5,Lubuntu 16.10,1,Lucidor,1,Lumina,1,LVM,2,LXLE,1,LXQT,1,Mac,4,Mac Address,1,Mac OS X,6,MacBook,1,MacBook Pro,1,Macbuntu Transformation Pack,1,MacOS X,13,MacOs-Linux,1,MacUbuntu,2,Mad Max,2,MADRUGUEDS,1,Madruguedsbr,9,Mageia,21,Mageia 5.1,1,Magic Device Tool,1,magic-device-tool,2,Mala Direta,1,Malware,8,Manjaro,15,Manjaro 16.10,2,Manjaro 16.10 Fringilla,2,Manjaro 16.10.2,1,Manjaro Fringilla,2,Manjaro Linux Gaming 16.06,1,Mantra-OS,1,Manuais,2,Marius Quabeck,1,Maru OS,3,MaruOS,2,Mate,1,Maui Linux,2,McAfee,1,MDM,1,Meadow,1,Meizu PRO 5 Ubuntu Edition,1,Memristor,1,Mensageiro,2,Mercado,1,Messenger,1,Microsoft,27,Microsoft Azure,1,Microsoft Silverlight,2,Microsoft Solitaire Collection,1,Microsoft Surface Studio,2,Midori,1,MightyText,1,Migração Windows para Linux,1,Min Browser,1,MiniTube,1,Minix,2,Mirai,1,Mixxx,1,MKV,2,MKVToolnix,1,Moksha,1,Moksha 0.2.1,1,Monitoramento de rede,1,Moon Buggy,1,MORSE,1,Mouse,1,Mozilla,10,Mozilla Firefox,1,Mozilla Firefox 50.0.2,1,MRTG,1,MSLinux,1,Multiload Indicator,1,Músicas,1,Musique,1,Mycroft,3,Mysql,3,Mythbuntu,1,Mythbuntu Linux,1,MythTV,4,Naenara,1,NAS,1,NASA,1,Navegadores,11,NeocoreGames,1,Neptune,2,Nessus,1,Netbook,1,NetBSD,1,NetBSD Project,1,Netflix,1,Netflix Desktop,1,Nethack,1,NetKit,1,NetMovies,1,Netrunner,1,Netrunner Desktop,1,Netrunner Desktop 16.09,1,Netrunner Desktop 16.09 Avalon,1,Network Manager,1,NetworkMiner,2,Neverball,1,New York Times,1,Ninvaders,1,Nmap,5,NodeJS,2,Nomacs,1,Nootka,1,nOS,1,Notebook,4,Notepad,1,Notepadqq,1,Notícias,570,NotifyOSD,1,Novidades,1,NSA,14,NST,1,Nudoku,1,Num Lock,1,Nvidia,7,Nylas N1,1,Objective-C,1,Ochdownloader,1,ODF,1,Office,1,OGMRip,1,Oldflix,1,Omega2,1,OmniROM,1,OneOps,1,OnlyOffice,1,Open Broadcaster,1,Open Source,25,Open Source Robotics Foundation,1,Open365,2,Openbox,1,OpenBSD,2,OpenDesk,1,openMandriva,11,OpenOffice,1,OpenPilot,1,OpenPrinting,1,OpenSCAD,1,OpenShot,1,OpenSSH,1,openSUSE,87,openSUSE 42.2,3,openSUSE Factory,1,openSUSE Leap,4,openSUSE Leap 42.2,4,openSUSE Tumbleweed,2,OpenSwitch,1,OpenTTD,1,OpenVas,1,Opera,4,Opera 40,1,Opera 41,1,Opera Browser,5,Opinião,19,Oracle,2,Oranchelo,1,Organizadores,1,Orocos,1,OsoLinux,1,Otimizações,2,Outfolded,1,OWASP,1,owncloud,2,pacman,3,Pacotes,4,Paintown,1,Pale Moon,2,pandoc,1,Papel de parede,2,Paperhouses,1,Parabola,1,Paramount Pictures,1,Parrot Security 3.2,1,Parrot Security OS,4,Parsix,1,Parted Magic,1,Parted Magic 2016_10_18,1,PC-BSD,1,PCLinuxOS,1,PDC,1,PDF,10,PearOS,1,PeaZip,2,Pen Drive,2,Pendrive,3,Pentest,3,Pentoo,2,PeppermintOS,2,Perl,1,Personalização,1,Perspectiva,1,Pesquisa,1,pfSense,2,Phoenix Os,2,Photoqt,1,PHP,2,Picapy,1,Picasa,1,PicasaWeb,1,Pidora,1,Pipe,1,Pipelight,3,Pirataria,2,Pitivi,1,Plank,1,Plasma,1,Play Linux,1,Play Store,1,Player,5,PlayOnLinux,2,PlayStation,2,Plugins,1,Point Linux,1,Poison Tap,1,Pokémon GO,1,Poker,1,PokerTH,1,Polkast,1,Porteus Kiosk,1,Poseidon Linux,1,PotiCon,1,PotiLivre,1,PowerPC,1,PowerPoint,1,PowerShell,3,PPA,44,PPSSPP,1,Pré-FISL,1,Prelink,1,Preload,2,Prioridades,1,Privacidade,6,Processadores,3,Processos,1,Produtividade,3,Profile Sync,1,Profissional de informática,1,Proftpd,2,Programação,23,Programação Funcional,1,ProgrammingKnowledge,1,Project CARS,1,ProjectLibre,1,Projeto Fedora,3,Projetos,3,Prozilla,1,Pushbullet,1,Puzzle,1,Python,12,Python 3,1,Q4OS,2,QCAD,2,QEMU,2,QGifer,1,QGIS.,1,Qt,3,Quelitu,1,quoted,1,QupZilla,2,R.,1,RacnherOS,1,RadarCat,1,Ragentek Group,1,RAID,1,RAM,2,Ransomware,4,Raspberry Pi 2,2,Raspberry Pi 3,1,RaspberryPi,10,RaspberryPi Zero,2,RaspberryPi2,4,RaspberryPi3,3,Raspbian,2,RaspEX,1,RaspEX 161019,1,RaspEX Build 161019,1,RawTherapee,1,RazorSQL,2,ReactOS,3,ReactOS 0.4.3,2,Rebellin,1,Recife,1,Recoll,1,Recuperação de dados,5,Red Hat,12,Red Hat Enterprise Linux,3,Red Hat Enterprise Linux 7.3,1,Red Star OS,1,Redes,2,Reflector,1,Relatórios,1,Release Candidate,5,Release Candidate 2,1,Relógio,1,Remasters,1,Remix OS,3,RemoteBox,2,repositórios,1,Requisitos,1,Rescatux,1,Reset,1,Restauração do sistema,1,Review,17,Rexloader,1,RHEL,2,Rhythmbox,1,Richard Stallman,3,Rigs of Rogs,1,Ripadores,1,ROADSEC,1,Robô,5,Robot Finds Kitten,1,Robótica,1,Rock,1,Rocket League,1,Rolling Release,1,Rolling Sky,1,ROM,1,ROOT,2,ROS,1,Rosa,1,Rosa Linux,3,RPM,9,RSS,1,Ruby,1,Rule41,1,Rússia,1,Rust,1,Sabayon,2,Sabayon 16.11,1,Safe RM,1,SafeEyes,1,Sailfish OS,2,SalentOS,1,Salix,4,Salix Xfce 14.2,1,Salix Xfce 14.2 GNU/Linux,1,Salix Xfce 14.2 Live Edition RC1,1,Samba,6,Samsung,3,Samsung Modelo M2070W,1,Samy Kamkar,1,Sarg,2,ScreenSaver,1,Script,2,SDK,1,Segurança,76,SELKS,1,SempreUPdate,11,Senhas,3,Sensor,1,Serena,2,Séries,1,Servidores,4,Shanghai Adups Technology,1,SHAREit,1,Shell,4,ShellScript,4,Shellshock,1,Shopify,1,Shotcut,1,SimpleScreenRecorder,3,SimplicityLinux,1,Simuladores,4,SIS,1,Sistema Operacional,36,Sistema Telefônico,1,Sistemas Embarcados,1,Site,2,Sitecake,1,Six!,1,Skype,5,Skype 1.13,1,Slackware,5,Slackware 14.2,2,Slayaway Camp,1,slocate,1,SlowmoVideo,1,Smart TV,1,Smartphone,8,Smilla Enlarger,1,Snappy,1,SniffJoke,1,Software,2,Software Livre,24,Software Proprietário,3,Solus,3,Solus Mate,1,SolveSpace,1,Sonar,1,Sony,2,Sparki,1,Sparky Linux,1,SparkyLinux,2,SparkyLinux GameOver,1,Spotify,1,SQL Server,1,Squid,3,Stanford,1,Star Wars,1,STD,1,Steam,9,Steam Link,1,SteamOS,5,SteamOS 2.0,1,Stellarium,1,Stellarium 0.15,1,Stellarium 0.15.0,1,Stoq,1,Streaming,1,StreamStudio,1,Stretch,1,String,1,sudo,2,Suíte de Escritório,1,Superaquecimento,1,Superb Mini Server,1,SuperBeam,1,SuperTux,1,SuperTuxKart,1,Surface Book,1,Surface Studio,2,Surface Studio i7,1,SUSE,1,SUSE Studio,1,Sweet Home 3D,1,Swift,2,SymphonyOS,1,Synaptic,1,Syntax error,1,Systemback,1,SystemD,1,T50,1,TAE,1,Tails,6,Tails 2.7,1,Tails 3.0,1,Tails 3.0~alpha1,1,TCC,2,TDF,1,TeamViewer,3,Telegram,6,Temas,7,Terminal,7,Testes de penetração,3,The Document Foundation,1,The Linux Foundation,2,Thermald,1,Thunderbird,1,TimeKpr,1,Timeline,1,TimeShift,1,Tiny Core,1,TinyCore,1,Tixati,1,Tizen,1,TLP,1,Tmate,1,TODO,1,TOMAHAWK,1,Toners,2,TOR,4,Tor Browser,12,Tor Messenger,1,Tor Onion,1,Torrent,5,Touchpad Indicator,1,TPP,1,Travamentos,1,Treehouse,1,Trojan,3,Troubleshooting,1,TrueOS,1,Tumbleweed,1,Turnkey Linux,1,Turtlebot,1,Tutoriais,116,TuxMath,1,TV,3,TV-Maxe,2,Twitter,3,UberStudent,1,Ubuntu,341,Ubuntu 12.04,2,Ubuntu 14.04,2,Ubuntu 16.04,21,Ubuntu 16.04.1,1,Ubuntu 16.10,18,Ubuntu 17.04,2,Ubuntu After Install,2,Ubuntu Budgie,1,Ubuntu Budgie Remix,2,Ubuntu Budgie Remix 16.10,1,Ubuntu Christian Edition,1,Ubuntu Core,1,Ubuntu DesktopPack,1,Ubuntu Dual Boot Touch,1,Ubuntu Edge,1,Ubuntu GamePack,1,Ubuntu Gnome,5,Ubuntu GNOME 16.10,1,Ubuntu Kylin,1,Ubuntu Mate,2,Ubuntu Mate 16.04,1,Ubuntu MATE 16.10,2,Ubuntu Satanic Edition,1,Ubuntu Server,2,Ubuntu Snap,9,Ubuntu Snappy Core,1,Ubuntu Snappy Core 16,1,Ubuntu Touch,7,Ubuntu TV,1,ubuntu-xboxdrv,1,UbuntuBSD,2,Udisks Indicator,1,Unity,11,Unity 8,2,Univention Corporate Server,1,Universidade,1,Unix,4,Unsettings,1,Upgrade,4,USB KILL,1,UTF8,1,uTorrent,6,V-REP,1,Valve,1,Variety,1,VBA-M,1,VeltOS,1,Vendetta,1,Verizon,3,Viber,2,Vídeos,68,Videos On Demand,1,Vigilância,1,Vim,2,Vim 8.0,1,Vindows,1,Vindows Locker,1,Vine Linux,1,Virtual Box Guest Addons,1,VirtualBox,4,Vírus,1,Visual Basic .NET,1,VivaoLinux,1,VLC,2,VLC 360,1,VMware,4,VMware Player,2,VoIP,1,Volatility Framework,1,Voyager GNU/Linux,1,VPN,2,VSIDO,1,VueScan,1,Vulkan,1,Vuze,1,w3af,1,Wallch,1,Walmart,1,wattOS,2,Web,2,WebCam Studio,1,Webconverger,1,Webmin,1,WebODF,1,Western Digital,1,Wget,2,Whatsapp,1,WHDD,1,Whisker Menu,1,White Noise 2,1,Wi-Fi,3,Wifi,6,Wifislax,1,Wikihouse,1,Wikileaks,3,Windows,39,Windows 10,2,Windows 2000,1,Windows 2003,1,Windows NT,1,Windows NT4,1,Windows Phone,1,Windows XP,1,Windows-TuneUp,1,Wine,9,Wine 1.9.23,1,Wine Staging,1,Wireshark,2,Worms,1,Xbox,2,XDM,1,Xenial Xerus,1,Xfce,9,Xfdashboard,1,XiX,1,XnConvert,3,XOR DDoS,1,xpad,1,Xplanetfx,1,XScreenSaver,1,Xtreme Download Manager,1,Xubuntu,14,Xubuntu 16.10,1,Y PPA Manager,3,Yahoo,4,Yahoo Mail,4,Yakkety Yak,4,Yandex Browser,1,yaourt,1,Yout,1,YouTube,4,Zabbix,1,Zbackup,1,Zbigniew Konojacki,1,Zentyal,1,Zenwalk,1,Zesty Zapus,2,ZevenOS,1,ZFS,1,Zimperium,1,Zorin Desktop 2.0,1,Zorin OS,1,Zorin OS 12,1,Zotero,1,Zram,1,
ltr
item
SempreUPdate: É o fim do FISL?
É o fim do FISL?
É o fim do FISL? Indaga e responde Anahuac!
https://2.bp.blogspot.com/-6PxG8Npc87M/V19a5Oz0xHI/AAAAAAAAKTA/rTQHsT1XIVk-Zy-q3-CuGhe6vd-nwQlowCLcB/s320/Anahuac-prism390.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-6PxG8Npc87M/V19a5Oz0xHI/AAAAAAAAKTA/rTQHsT1XIVk-Zy-q3-CuGhe6vd-nwQlowCLcB/s72-c/Anahuac-prism390.jpg
SempreUPdate
http://www.sempreupdate.com.br/2016/06/e-o-fim-do-fisl.html
http://www.sempreupdate.com.br/
http://www.sempreupdate.com.br/
http://www.sempreupdate.com.br/2016/06/e-o-fim-do-fisl.html
true
4871636227574760232
UTF-8
Carregar todas as postagens Não encontrado nenhum post VER TUDO Leia Mais Responder Cancelar Resposta Apagar Por Home PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo RECOMENDADOS PARA VOCÊ MARCADOR ARQUIVO BUSCAR TODOS AS POSTAGENS Não encontramos nada com a palavra digitada Voltar para Home Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 meses atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Clique aqui para copiar o código Clique aqui para copiar o código Código copiado para área de transferência Não é possível copiar os códigos/textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C no Mac) para copiar